Um blog sobre Itália by Ana Borralho

La Bella Italia

L’Italiano Vero

Posted by ana on 20 de Maio de 2012 in Música with No Comments


Adoro esta música, tinha de começar esta nova categoria com esta canção. L’Italiano é a canção com maior sucesso de Toto Cutugno.

 

Lasciatemi cantare
con la chitarra in mano
lasciatemi cantare
sono un italiano

Buongiorno Italia gli spaghetti al dente
e un partigiano come Presidente
con l’autoradio sempre nella mano destra
e un canarino sopra la finestra
Buongiorno Italia con i tuoi artisti
con troppa America sui manifesti
con le canzoni con amore
con il cuore
con piu’ donne sempre meno suore
Buongiorno Italia
buongiorno Maria
con gli occhi pieni di malinconia
buongiorno Dio
lo sai che ci sono anch’io

Lasciatemi cantare
con la chitarra in mano
lasciatemi cantare
una canzone piano piano
Lasciatemi cantare
perche’ ne sono fiero
sono un italiano
un italiano vero

Buongiorno Italia che non si spaventa
e con la crema da barba alla menta
con un vestito gessato sul blu
e la moviola la domenica in TV
Buongiorno Italia col caffe’ ristretto
le calze nuove nel primo cassetto
con la bandiera in tintoria
e una 600 giu’ di carrozzeria
Buongiorno Italia
buongiorno Maria
con gli occhi pieni di malinconia
buongiorno Dio
lo sai che ci sono anch’io

Lasciatemi cantare
con la chitarra in mano
lasciatemi cantare
una canzone piano piano
Lasciatemi cantare
perche’ ne sono fiero
sono un italiano
un italiano vero.

La la la la la la la la…

Lasciatemi cantare
con la chitarra in mano
lasciatemi cantare
una canzone piano piano
Lasciatemi cantare
perche’ ne sono fiero
sono un italiano
un italiano vero.

Deixem-me cantar
com a guitarra na mão
Deixem-me cantar
sou um italiano

Bom dia Itália com o esparguete “al dente”
e um partidário como presidente
com o rádio sempre na mão direita
e um canário sobre a janela
bom dia Itália com os seus artistas
com demasiada América nos cartazes
com as canções com amor
com o coração
com mais mulheres sempre menos freiras
bom dia Itália
bom dia Maria
com os olhos cheios de melancolia
bom dia Deus
você sabe que também existo eu

Deixem-me cantar
com a guitarra na mão
Deixem-me cantar
Uma canção lenta lenta
Deixem-me cantar
porque sinto orgulho
sou um italiano
um italiano verdadeiro

bom dia Itália que não se assusta
e com o creme de barbear de menta
Com um fato azul ás riscas
e a câmara lenta ao domingo na televisão
Bom dia Itália com o café curto
as meias novas na primeira gaveta
com a bandeira na lavandaria
e um 600 (Fiat) com mossa na carroçaria
bom dia Itália
bom dia Maria
com os olhos cheios de melancolia
bom dia Deus
você sabe que também existo eu

Deixem-me cantar
com a guitarra na mão
Deixem-me cantar
Uma canção em voz baixa
Deixem-me cantar
porque sinto orgulho
sou um italiano
um italiano verdadeiro

La la la la la la la la…

Deixem-me cantar
com a guitarra na mão
Deixem-me cantar
Uma canção lenta lenta
Deixem-me cantar
porque sinto orgulho
sou um italiano
um italiano verdadeiro

Quero agradecer à Roberta, uma Italiana de gema, com umas quantas costelas portuguesas, na ajuda nos últimos preciosos retoques desta tradução :) .

Lasagna

Posted by ana on 15 de Maio de 2012 in Receitas with 1 Comment


O Bruno andava com desejos de lasanha… não, ele não está gravido :D . Por isso adicionamos à nossa lista de compras os ingredientes para a lasanha. Um das vantagens de viver em Itália é o facto de podermos comprar facilmente pasta fresca, que eu adoro, e por isso optamos por comprar placas fresca de lasanha.

Perguntei à minha senhoria como é que ela fazia lasanha, logo esta receita é dela…de uma italiana de gema :) .

Folhas de Lasanha (6 folhas)
Molho Bechamel (usei pacote de compra – 200ml)
1 Cebola (grande)
Tomate (usei lata de tomate pelado)
Manjericão fresco
Vinho branco (1 cálice)
Carne picada (~350g)
Azeite
Sal
Pimenta
Manteiga
Pão ralado
Queijo Mozzarella (2 bolinhas de cerca 100g cada)
Queijo Parmesão
Aipo (como não tinha não usei :P )

Não registei quantidades de nada, gosto de cozinhar a olho, à posteriori o Bruno adicionou as quantidades à lista de ingredientes acima -  confiemos na sua boa memória :P

Para o molho piquei uma cebola grande e meti ao lume com azeite até ficar transparente, coloquei a carne picada (eu utilizei carne de vaca e carne de porco misturadas) que deixei cozinhar um pouco, em seguida o tomate cortado aos bocados e o molho que vinha na lata (quem usar tomate fresco acho que deverá acrescentar um pouco de molho de tomate), o vinho branco, sal, pimenta e o manjericão. Deixei em lume brando cerca de 45 minutos. Depois de pronto, vamos à linha de montagem :) .

Existe pasta para lasanha que não precisa de cozer, a que tinha necessitava de uma cozedura. Meti uma panela ao lume com bastante àgua, sal e um fio de azeite, quando começou a ferver meti as folhas lá, 2 a 2 ou 3 a 3 conforme a panela. Deixem estar uns 2/3 minutos e retirem.

O molho bechamel que tinha era um bocado espesso, juntei-lhe um pouco de leite e mexi bem.

Barra-se o fundo do tabuleiro com margarina e depois pão ralado. Coloca-se a primeira camada de pasta, bechamel e o molho de carne, por cima parmesão ralado e umas quantas fatias de mozzarella. Segunda rodada começando na pasta e acabando na mozzarella, vão repetindo enquanto vos apetecer ou tiverem carne :) . A última camada dever ser de pasta, bechamel e parmesão :) .

Se o aspeto ficou bom, o sabor ainda ficou melhor :) .

Porção de Lasagna

O Bruno como é um perfeccionista depois de cozinhada e comida a lasagna ficou a pensar que deveríamos ter usado mais mozzarella, para a próxima veremos :P

Alfabeto Italiano

Posted by ana on 12 de Maio de 2012 in Língua with No Comments


No meu tempo de escola o alfabeto português tinha apenas 23 letras, às quais podíamos acrescentar mais três  KWY, mas só utilizadas em casos especiais. Segundo li agora estas ultimas já fazem oficialmente parte do nosso alfabeto :) .

O alfabeto italiano tem apenas 21, podendo ser acrescido de mais cinco letras só utilizadas em casos particulares, são estas o KWY e mais duas que fazem parte do alfabeto base português o  X e  o J. Se a ausência da letra X nem me fez muita confusão, já a inexistência da letra J deixou-me surpreendida :) . À letra J os italianos chamam i longo :D .

Nas tabelas seguinte como já fiz em posts anteriores, indico como se diz cada uma das letras, à minha maneira claro :P . Quando aparece a mesma consoante repetida é porque se a deve prolongar quando dizemos a palavra.

Letras Como se lê
a à
b bi
c tchi
d di
e ê
f éffe
g dji
h áka
i i
l élle
m émme
n énne
o o
p pi
q
r érre
s ésse
t ti
u u
v
z zêta
Letras Como se lê
j i lunga
x ixe
k kápa
w dopiavú
y ipsilon

Enquanto escrevia este post, a minha imaginação viajou ;) . Se os italianos chamam “i longo” ao “j”, e “duplo v” ao “w”, porque não foram eles mais longe? Ficam aqui algumas sugestões. Pensando em matemática mais propriamente nas isometrias, o “d” e o “q” podiam se chamar respetivamente “simétrico de b” e “simétrico de p”, o “m” podia ser o  “duplo n” e o “h” ” n de pescoço comprido”. :D