Um blog sobre Itália by Ana Borralho

La Bella Italia

Alfabeto Italiano

Posted by ana on 12 de Maio de 2012 in Língua with No Comments


No meu tempo de escola o alfabeto português tinha apenas 23 letras, às quais podíamos acrescentar mais três  KWY, mas só utilizadas em casos especiais. Segundo li agora estas ultimas já fazem oficialmente parte do nosso alfabeto :) .

O alfabeto italiano tem apenas 21, podendo ser acrescido de mais cinco letras só utilizadas em casos particulares, são estas o KWY e mais duas que fazem parte do alfabeto base português o  X e  o J. Se a ausência da letra X nem me fez muita confusão, já a inexistência da letra J deixou-me surpreendida :) . À letra J os italianos chamam i longo :D .

Nas tabelas seguinte como já fiz em posts anteriores, indico como se diz cada uma das letras, à minha maneira claro :P . Quando aparece a mesma consoante repetida é porque se a deve prolongar quando dizemos a palavra.

Letras Como se lê
a à
b bi
c tchi
d di
e ê
f éffe
g dji
h áka
i i
l élle
m émme
n énne
o o
p pi
q
r érre
s ésse
t ti
u u
v
z zêta
Letras Como se lê
j i lunga
x ixe
k kápa
w dopiavú
y ipsilon

Enquanto escrevia este post, a minha imaginação viajou ;) . Se os italianos chamam “i longo” ao “j”, e “duplo v” ao “w”, porque não foram eles mais longe? Ficam aqui algumas sugestões. Pensando em matemática mais propriamente nas isometrias, o “d” e o “q” podiam se chamar respetivamente “simétrico de b” e “simétrico de p”, o “m” podia ser o  “duplo n” e o “h” ” n de pescoço comprido”. :D

Verbo Essere

Posted by ana on 22 de Abril de 2012 in Língua with No Comments


As línguas estrangeiras nunca foram o meu forte :P . Primeiro veio o inglês, mas só aprendi alguma coisa depois de findar a obrigatoriedade escolar, depois o francês do qual não sei nada, nem quero saber :) agora chegou o italiano -  mas neste já tenho mais algum interesse.

Mas este post não é a sobre a minha dificuldade com línguas estrangeiras, mas sobre um verbo em específico, o verbo Essere. O verbo Essere é igual ao verbo To be em Inglês, traduzido para português “ser ou estar”. Isto é o que podemos chamar, dois em um ;) . Nós os portugueses tal como os espanhóis temos dois verbos, e acho que somos bem espertos em tê-los. Ser ou estar definitivamente não é a mesma coisa!! “Eu sou coxo” não é a mesma coisa de “eu estou coxo”. Se na primeira frase nada há a fazer, na segunda algum dia, o ser manco me irá passar :) . “Eu sou parva” ou “eu estou parva” não é a mesma coisa, pois no primeiro caso, eu e os outros temos de viver com essa minha caraterística, no segundo só teremos de esperar algum tempo para que tudo volte ao normal :P . Podia passar horas a escrever exemplos, mas parece-me que ficou claro o meu ponto de vista.

Por terem só um dois em um, para conseguirem distinguir um ser de um estar, têm de arranjar outras palavras para fazer a distinção…que trabalheira :) .

Para aprenderem um pouco deixo-vos alguns tempos do verbo To be na sua versão italiana :D

Presente
Io sono
Tu sei
Egli è
Noi siamo
Voi siete
Essi sono
Imperfetto
Io ero
Tu eri
Egli era
Noi eravamo
Voi eravate
Essi erano
Futuro Semplice
Io sarò
Tu sarai
Egli sarà
Noi saremo
Voi sarete
Essi saranno

Os Dias da Semana

Posted by ana on 15 de Março de 2012 in Língua with No Comments


O meu senhorio brinca comigo por os dias da semana em português serem segunda feira, terça-feira, etc… apesar de eu responder que assim é mais fácil de os saber – são “numerados”, ele ri… e com alguma razão :P .

O sufixo “Feira” vem de feria, que, em latim, significa “dia de descanso”. O termo passou a ser usado após um concílio da Igreja Católica na cidade portuguesa de Braga. E apesar de no inicio esta denominação apenas servir para a semana santa, acabou depois por ser adotado para o resto do ano, mas claro, só pelos portugueses.

Português

Italiano

Latim

Segunda-feira

Lunedì

Lunae dies (dia da Lua)

Terça-feira

Martedì

Martis dies (dia de Marte)

Quarta-feira

Mercoledì

Mercurĭi dies (dia de Mercurio)

Quinta-feira

Giovedì

Jovis dies (dia de Júpiter)

Sexta-feira

Venerdì

Venĕris dies (dia de Vénus)

Sábado

Sabato

Sabbatum (dia do descanso)

Domingo

Domenica

Dominicus dies (dia do Senhor)

 O Sabato italiano, assim como o nosso Sábado, deriva do Latim Sabbatum que por sua vez deriva do hebraico Shabbath, que significa dia do descanso, consagrado no velho testamento, mas antes do cristianismo este dia era conhecido por Saturni dies, ou seja dia de Saturno. Também por influência do cristianismo, o dia do Sol em latim solis dies, foi substituído por Dominicus dies que significa dia do senhor. Dia de Saturno e o dia do sol ainda são utilizados por exemplo na língua inglesa (Saturday e Sunday) :D

Não resisto a acabar este post com uma curiosidade :) . Dia em italiano é giorno, enquanto a palavra dia portuguesa deriva do Latin dies, a palavra giorno deriva também do latim mas de diurnus ;)

16 enganador

Posted by ana on 29 de Janeiro de 2012 in Língua with 4 Comments


16

Vamos aprender a contar… em Italiano. Não é difícil, na verdade é muito parecido com o Português ;)

A última coluna da tabela seguinte corresponde à maneira como se lê em Italiano. Andei a ver as fonéticas… mas pareceu-me mais fácil de entender à minha maneira :P Não foi tarefa fácil, por isso não posso prometer que esteja perfeito :D

Número Português Italiano
(como se escreve)
Italiano
(como se lê)
0 zero zero tzéro
1 um uno unô
2 dois due duê
3 três tre trê
4 quatro quattro quatrô
5 cinco cinque txincuê
6 seis sei sei
7 sete sette sétê
8 oito otto ôtô
9 nove nove nóvê
10 dez dieci diéxi
11 onze undici undixi
12 doze dodici dôdixi
13 treze tredici trêdixi
14 catorze quattordici quatordixi
15 quinze quindici quindixi
16 dezasseis sedici seidixi
17 dezassete diciassette dijasétê
18 dezoito diciotto dijoito
19 dezanove diciannove dijanóvê
20 vinte venti ventí
21 vinte e um ventuno ventunô
22 vinte e dois ventidue ventiduê
30 trinta trenta trênta
40 quarenta quaranta quaranta
50 cinquenta cinquanta txinquenta
60 sessenta sessanta sêssanta
70 setenta settanta setanta
80 oitenta ottanta ôtanta
90 noventa novanta novanta
100 cem cento txênto
1000 mil mille milê

Mas porquê é que eu no título do post digo que o 16 é enganador? Porque quando vim para Itália dizia sempre  “dijasei” se esta palavra existisse talvez se escrevesse “diciasei” em vez de sedici. Caso não tenham reparado, em português dizemos onze, doze, treze, catorze, quinze, até aqui as palavras acabam em ze, a partir do dezasseis começamos com dez no início das palavras, dezassete, dezoito, dezanove. Em Italiano acontece algo idêntico, ou seja, undici, dodici, tredici, quattordici, quindici, sedici, até ao 16 as palavras acabam em dici… é aqui que começa e acaba o problema, raio do 16!!! A partir do 17 as palavras começam por dici, diciassette, diciotto, diciannove. Para nós a transição é do 15 para o 16, em italiano a transição é do número 16 para o 17 :)

Espero que tenham gostado tanto de ler este post como eu gostei de o escrever. Andei ausente mas prometo entrar na linha novamente….até jáááá.